.

O que vivemos é um tesouro que nunca se apaga da memória, mas é o que não construímos que nos entristece e mata.


Rude Sentido

video

"Deixa-me sentir
Deixa-me acordar os anos que anestesiei
Não quero mais fugir
Da realidade que por ti eu afastei


Tomaste-me o sol
Levas-te-me o tempo
Com bem comprei mal
Pedi o teu tempo
O amor que selamos, com lacre de prata
Mais um Dom Quixote, que por ti se mata
Agora é que eu vejo quem contigo pára
Trocou o desejo
pela tua lei da bala
Cegaste-lhe a esperança
e sugas seu corpo
O que nasceu cego, vais tu pondo torto"

Sem comentários:

Enviar um comentário