.

O que vivemos é um tesouro que nunca se apaga da memória, mas é o que não construímos que nos entristece e mata.


Despir a pele de vitima

video

Vendo bem não sei quem te tapa o sol
Melodramas inventas tu em prol
Dessa tua atitude, forçada e tão rude de que todos te devem e ninguém te paga
Pode ser afinal o momento ideal pra pôr fim a essa saga
Olha à tua volta, lê as gordas dos jornais
Já deste conta que as tuas malditas crises existenciais
Comparadas com dramas, pobreza, doenças, países em guerra são problemas de merda,
E olha pelo que sei, a vida não tem replay
Abre os olhos, agradece a sorte, vem dançar
Abre os olhos, agradece a sorte de cá estar
Olha à tua volta, lê as gordas dos jornais
Já deste conta que as tuas malditas crises existenciais
Comparadas com dramas, pobreza, doenças, países em guerra são problemas de merda,
E olha pelo que sei, a vida não tem replay
Abre os olhos, agradece a sorte, vem dançar
Abre os olhos, agradece a sorte de cá estar

Sem comentários:

Enviar um comentário